Por quê…?

Apaguei as linhas que estavam aqui antes. Porque eu não tenho, na verdade do que reclamar. Porque ser forte é o mínimo que eu posso fazer pra retribuir. Porque a vida é, sim, linda, porque Deus, sim, é bom e sábio, porque eu não sei a dimensão do mapa da minha história. Porque ser feliz vai além de ser alegre e saltitante o tempo todo.

 

Porque o que é realmente importa é o amor mais puro, o mais desinteressado, o mais insensato, o mais sensato, o mais honesto, o mais longo, o da vida inteira, o das minhas queridas. O da minha família. E só posso dar graças.

 

Imagem

 

11 de março, dez da noite.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s