HERMETICAMENTE POÉTICA

Me fecho de forma hermética

O jeito que me deixa mais down,

A única forma de ser poética.

 

Não sinto sair um poema bom

Ou sequer um decente soneto.

Sei que a poesia que faço é patética,

Sei que essas letras rabiscadas

São apenas crimes que cometo

 

Acho minha rima tão pobre,

E pra ela numa cho meio,

Não acho escada!

Jamais a tornarei nobre.

Ela reflete um pouco o eu

Que eu fecho e lacro em volta

Envolto em dor e água salgada

Pra durar mais, doer mais fundo…

 

E assim, de novo e sempre e tão clichê…

Viro todas as costas pro mundo.

 

Ciotto

Anúncios

2 comentários em “HERMETICAMENTE POÉTICA

  1. É… já está nos favoritos aqui…

    Li todas…yé!

    Falando nisso… vou fazer um merchan… estou vendendo um manuscrito de um poeminha chamado “Draft”… quem quiser, vai estar no mercado livre logo logo… ou devo guardar pra ONU???

    Bom… é isso aí…

    Fica de olho em mim na lua…

    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s