Um re-trato da liberdade.

Retratar-se é uma ação digna. Confere dignidade ao ser que admite o erro. Ou, ainda melhor, que admite ter feito algo feio propositadamente. Talvez eu esteja assim querendo tornar menor minha humilhação em vir dizer que vazei uma idéia falsa no texto abaixo. É. As decepções do mundo, que não existem até os dezesseis anos, aquelas pela quais a gente passa, eu e você e todos mais com um pingo de coração e consciência. Foram elas, as minhas, cultivadas tão junto do meu peito que me fizeram declarar a liberdade das estátuas.

Ora, como se eu de fato invejasse aquelas coisas de pedra. Jamais quis ser pedra. Não, não existe mesmo liberdade absoluta. E eu não quero que exista. Eu não quero ser livre completamente. Eu quero, os homens que sofrem como eu querem… Queremos todos nos prender, ter uma raíz. Nos envolver num amor, num sentimento que nos prenda os pensamentos, que nos faça limitar os passos, os caminhos, as palavras.

Queremos poder ter o pensamento preso. E a liberdade de escolha que escorre deste pensamento encarcerado. Sentir uma plenitude que liberta. Queremos o coração preso e a mente livre! Basta que possamos escolher aonde iremos atar nossos pensamentos, e conecta-los ao coração, de onde vem a sabedoria das coisas e desse querer.

Pronto, dei-lhe a receita da liberdade, digníssima e retratada. Cuida pra não abusar dela.

Como os clichês, que só são clichês por serem tão verdade e recorrentes, uma liberdade (falsa, tão genuína) vai até onde começa outra…

(Experimenta a liberdade de ser em Deus, experimenta! Aposto que será impossível dizer depois que ao homem não é permitido voar…)

Anúncios

2 comentários em “Um re-trato da liberdade.

  1. Ei, escuta… que amigo seu é esse? rs Espero que ele também escreva, naõ é? Quero ler. E tenho mais textos. Gosto de comentários… hehehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s